Reconhecido como Qualified Education Provider™ (QEP™) pela ACMP® (Association of Change Management Professionals®) para o HCMBOK® Training and Certification Program

HCMBOK®

O tema Gestão de Mudanças é amplo e aplica-se a todo tipo de mudanças organizacionais. Os motivadores mais comuns de mudanças são: crises, mudanças dos hábitos dos consumidores, pressão de novos entrantes em negócios, evoluções tecnológicas, revisões de processos, aquisições, fusões de empresas, reestruturações organizacionais, dentre outros. Todos têm uma característica em comum: tocam nas pessoas e em seus paradigmas, mudam o status quo, a maneira como as coisas são feitas e tiram as pessoas de sua zona de conforto.

Acreditamos que antes das mudanças se consolidarem na organização elas precisam tocar o ser humano. Por isso, denominamos nosso corpo de conhecimento como Human Change Management Body of Knowledge. É através das mudanças humanas que acreditamos que chegaremos às mudanças organizacionais.

Gerir a mudança é humanizá-la. É pensar o projeto no ponto de vista das pessoas envolvidas, para evitar que as resistências naturais causem impactos nos objetivos planejados.

O HCMBOK base de conhecimento do HUCMI, composto de metodologia, ferramentas e boas práticas, que tem como objetivo conectar as atividades de Gestão de Mudanças Organizacionais com as etapas e atividades típicas de gestão de um projeto de qualquer natureza.

Sua estrutura é composta de 48 macro-atividades e 203 atividades, desenvolvidas desde a etapa de planejamento até o pós-projeto, também conhecido como “produção”, quando o projeto propriamente dito já terminou, mas a mudança precisa ser sustentada até que esteja consolidada na cultura organizacional.

A 3a edição em Português foi publicada em julho 2016 pela editora Brasport e pode ser encontrado nas melhores livrarias ou no site da editora.

 O Modelo do HCMBOK®

Acreditamos que antes das mudanças se consolidarem na organização elas precisam tocar o ser humano. Por isso,  denominamos nosso corpo de conhecimento como Human Change Management Body of Knowledge. É através  das mudanças humanas que acreditamos que chegaremos às mudanças organizacionais.

Os princípios e as práticas apresentados no HCMBOK podem ser aplicados a qualquer tipo de mudança. Por uma questão  didática, o HCMBOK foi concebido relacionando as atividades de gestão de mudanças com as etapas tradicionalmente        seguidas na gestão de um projeto.

Clique aqui baixe o folder do treinamento completo  - HCMBOK® Training and Certification Program

Clique aqui para fazer o seu cadastro e depois sua inscrição em um de nossos treinamentos

Clique aqui para ver a agenda completa de treinamentos em Gestão de Mudanças oferecidos pelo HUCMI

Para acessar a versão digital do primeiro capítulo clique na imagem acima!

Sumário

Introdução        

Capítulo 1 – Tudo Muda, Tudo Passa                                                 

1.1.  Uma nova era na gestão do fator humano em projetos

1.1.1 A terceira geração da Gestão de Mudanças Organizacionais

1.2.  Mudar é tão difícil?

1.3.  Efeitos das mudanças sobre o corpo funcional

1.4.  O que mudou nos processos de mudança?

1.5.  Estratégias de mudança

1.5.1.  Mudanças impositivas

1.5.2.  Mudanças participativas

1.6.  Os personagens das mudanças

1.7.  Modelos de atuação dos gestores de mudança

1.8.  Objetivo da Gestão de Mudanças

1.9.  Importância da abordagem estratégica de Gestão de Mudanças em projetos

1.10.  Gestão de projetos ou transformação organizacional?

Capítulo 2 – HCMBOK – Human Change Management Body of Knowledge              

                    

2.1.  Iniciação e Planejamento

2.1.1.  Definir e preparar o patrocinador do projeto

2.1.2.  Realizar o workshop de alinhamento e mobilização das lideranças

2.1.3.  Definir o propósito e a identidade do projeto

2.1.4.  Mapear e classificar os stakeholders

2.1.5.  Avaliar as características da cultura organizacional e seus reflexos na mudança

2.1.6.  Definir papéis e responsabilidades da equipe do projeto

2.1.7.  Adequar o ambiente físico às necessidades do projeto

2.1.8.  Planejar a alocação e o desenvolvimento da equipe do projeto

2.1.9.  Avaliar a predisposição do clima para mudanças e seus impactos

2.1.10.  Estabelecer o plano de ação de Gestão de Mudanças

2.1.11.  Planejar o kick-off do projeto

2.1.12.  Elaborar o Plano Estratégico de Gestão de Mudanças

2.2.  Aquisição        

2.2.1.  Planejar os aspectos humanos do processo de aquisições

2.2.2.  Avaliar riscos de choques culturais entre fornecedores e equipe

2.2.3.  Definir as necessidades adicionais de treinamento da equipe

2.2.4.  Identificar as alternativas à gestão do conhecimento

2.2.5.  Mapear estilos de lideranças de fornecedores

2.2.6.  Validar papéis e responsabilidades (Matriz RACI) com fornecedores

2.2.7.  Planejar a integração dos fornecedores à cultura da organização

 2.3.  Execução

2.3.1.  Realizar o evento de kick-off do projeto

2.3.2.  Avaliar os impactos organizacionais

2.3.3.  Planejar e executar a gestão de aprendizagem

2.3.4.  Alimentar o Mapa de Riscos do projeto

2.3.5.  Confirmar o futuro dos stakeholders no pós-projeto

2.3.6.  Planejar a desmobilização gradual da equipe do projeto

2.3.7.  Definir papéis e responsabilidades para a etapa de Produção

2.3.8.  Definir indicadores para a avaliação de prontidão para a mudança

2.4. Implantação

2.4.1.  Avaliar a prontidão e a confiança dos usuários para a implantação

2.4.2.  Assegurar o comprometimento das lideranças com a implantação

2.4.3.  Realizar a reunião de decisão da implantação

2.4.4.  Comunicar o resultado da reunião de decisão da implantação

2.5. Encerramento

2.5.1.  Executar a desmobilização gradual da equipe do projeto

2.5.2.  Reconhecer desempenho da equipe e individual

2.5.3.  Montar o Mapa de Lições Aprendidas

2.5.4.  Assegurar a preparação dos usuários para treinar novos colaboradores

2.5.5.  Assegurar a preparação da equipe de manutenção e suporte na fase pós-projeto

2.5.6.  Assegurar a realocação adequada da equipe do projeto

2.5.7.  Celebrar as conquistas e metas atingidas

2.6.  Produção

2.6.1.  Assegurar a sustentação da mudança

2.7.  Atividades recorrentes em todas as etapas do projeto

2.7.1.  Planejar e gerir a comunicação

2.7.2.  Formar espírito de equipe e realizar dinâmicas de reforço

2.7.3.  Estimular processos participativos

2.7.4.  Gerir conflitos, motivação, estresse e comportamentos

2.7.5.  Estimular a criatividade e a inovação

2.7.6.  Gerir stakeholders

Capítulo 3 – O CMO – Change Management Office

3.1.  Transformando a estratégia em resultados

3.2.  Conceito do CMO

3.2.1.  O papel do CMO

3.2.2.  Onde estabelecer o CMO?

3.3.  Implantar um CMO é um projeto e demanda Gestão de Mudanças

Capítulo 4 – Competências Essenciais dos Líderes de Mudanças          201

4.1.  Sensibilidade aos fatores humanos e perspicácia para desvendá-los; atitude empática

4.2.  Capacidade de atuar como facilitador, inspirador e incentivador dos esforços da equipe 

4.3.  Foco em resultados, metas e produtividade

4.4.  Habilidade de planejamento, negociação e visão estratégica

4.5.  Gestão de conflitos, crises e oportunidades

4.6.  Criatividade, questionamento, ousadia e disposição para quebrar paradigmas

4.7.  Comunicação transparente e eficaz; ser bom ouvinte

4.8.  Transparência, credibilidade e integridade

Capítulo 5 – Um Caso de Sucesso
Capítulo 6 – Um Caso de Fracasso
Apêndice I – Abordagem do HCMBOK para as Metodologias Ágeis em Mudanças que Envolvam Desenvolvimento de Sistemas
Apêndice II – Gestão da Cultura Organizacional e Gestão de Mudanças
Bibliografia